Recomendação do CFN: o nutricionista na mídia

14/12/2015 - 09:12

A participação de nutricionistas em entrevistas (TV, rádio, revista, internet e outros) tem aumentado paralelamente ao interesse do público por assuntos relacionados à saúde, alimentação e nutrição. Por esse motivo, os Conselhos Federal e Regionais de Nutricionistas elaboraram a presente recomendação para que o profissional atente-se a questões básicas que permeiam a conduta responsável e ética perante os meios de comunicação.

O objetivo é preservar a saúde da população, assim como a imagem da categoria perante a sociedade. Para tanto, recomenda-se:

• Antes de conceder entrevistas, se representando o conselho, verifique a posição da entidade acerca da matéria que será abordada.
• Em entrevistas representando o conselho, apresente as informações na terceira pessoa do plural. Exemplo: Nós do Conselho Federal de Nutricionistas defendemos…
• Antes de conceder entrevistas, busque informações sobre a motivação da imprensa a respeito da matéria, com a intenção de aumentar a chance de resposta para aspectos desconhecidos.
• Ao conceder entrevistas, procure saber antecipadamente se a pauta contemplará assuntos que poderão ser abordados com evidências científicas. Caso os temas sejam polêmicos, procure direcionar a entrevista de modo que o público receba informações respaldadas cientificamente, destacando os riscos, benefícios e a importância de acompanhamento nutricional individualizado;
• Considere que a imprensa se dirige a um público bastante heterogêneo e, portanto, transmita todas as orientações com cautela e de forma atualizada. Por mais que tenha domínio sobre o assunto, revise-o quanto a números, estatísticas, legislação, entre outros;
• Caso não tenha conhecimento a respeito de algum assunto específico, não hesite em esclarecer que o tema está fora de sua área de atuação e oriente o jornalista a consultar um profissional especializado no assunto;
• Consulte sites oficiais, como os da Anvisa, IBGE, CFN, CRN, Ministério da Saúde, Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, OMS/ONU, FNDE, além das tabelas de composição nutricional, guias alimentares, diretrizes e consensos, antes de emitir qualquer pronunciamento;
• Atente-se para o cumprimento do Código de Ética do Nutricionista (Resolução CFN nº 334/2004) durante a concessão de entrevistas, em especial aos artigos 21 e 22, para a manutenção do decoro profissional e a responsabilidade sobre o conteúdo das informações fornecidas;
• Para garantir um bom relacionamento com a imprensa, consulte o Manual Os conselheiros e a imprensa de autoria do Conselho Federal de Nutricionistas (CFN), disponível em http://www.cfn.org.br/index.php/pecas-institucionais e solicite orientações do assessor de comunicação do CRN (caso represente esta entidade) ou do CFN (se for representá-lo).

Fonte: CFN

Veja também



Fale Conosco

X

Enviando seu email...

Email enviado com sucesso!