Guia Alimentar para População Brasileira completa 5 anos

13/11/2019 - 01:11

‘Oferecer à população brasileira informações confiáveis sobre alimentação saudável para promoção da saúde e prevenção das doenças crônicas’, esse é principal objetivo do Guia Alimentar para População Brasileira, lançado no dia 05 de novembro de 2014. 

O documento, que completa cinco anos em 2019, apresenta recomendações para as escolhas alimentares da população; combinação de alimentos; orientações sobre o ato de comer e a comensalidade; o consumo excessivo de alimentos processados e ultra processados; entre outros assunto que envolve o universo da alimentação. 

Um dos destaques do guia são as recomendações que propõe que alimentos in natura ou minimamente processados, em grande variedade e predominantemente de origem vegetal, sejam a base da alimentação. E apresenta exemplos de como combinar esses alimentos na forma de refeições.

As vantagens da combinação de alimentos aparecem de forma didática, com ilustração de pratos montados com uma variedade saudável de ingredientes. Nesse ponto, houve a atenção de mostrar composições que respeitam os hábitos regionais.

Outro destaque são as orientações sobre o ato de comer e a comensalidade, abordando as circunstâncias (tempo e foco, espaço e companhia) que influenciam o aproveitamento dos alimentos e o prazer proporcionado pela alimentação.  A questão da sustentabilidade do sistema alimentar bem como as formas de impacto associadas à produção e distribuição dos alimentos também são abordadas no guia.

IMPORTÂNCIA DO NUTRICIONISTA

O nutricionista é o profissional que contribui para a saúde dos indivíduos e da coletividade, através da produção do conhecimento sobre a alimentação e nutrição nas diversas áreas de atuação profissional, visando a segurança alimentar.

Neste contexto, o guia é um importante documento de apoio para promover a boa alimentação e combater a desnutrição no país. Neste caso, é imprescindível que nutricionistas adaptem as recomendações às condições específicas de cada pessoa, apoiando, assim, a organização da atenção nutricional.

Vale ressaltar que a atuação organizada dos profissionais nutricionistas e da sociedade no exercício da sua cidadania é essencial para que políticas públicas e ações regulatórias facilitem a adoção das recomendações do guia por todos os brasileiros. 

Acesse o Guia : https://bit.ly/2qGRflv

Veja também



Fale Conosco

X

Enviando seu email...

Email enviado com sucesso!