Curso de Nutrição Materno-infantil reúne cerca de 150 pessoas em Aracaju

5/12/2016 - 09:12

 

No último sábado (3), em Aracaju, foi realizado o curso de Atualização Profissional em Nutrição Materno-Infantil, do programa de Formação Profissional do Conselho Regional de Nutricionistas da 5ª Região (CRN-5). O evento reuniu mais de 150 pessoas no Auditório do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), entre nutricionistas e estudantes de Nutrição do Estado de Sergipe.

Para a nutricionista Rita de Cássia Frumento, presidente do CRN-5, eventos como os realizados em Aracaju, só reforçam a intenção do Conselho em buscar uma aproximação maior com a categoria. “O nosso interesse é aproximar o nutricionista dos grandes temas em debate na profissão. Seja pelo viés técnico, como nos eventos de Feira (de Santana) e de hoje, aqui em Aracaju, ou pelos temas políticos, como já fizemos nas casas legislativas. O órgão é fiscalizatório, é verdade, mas não vamos nos ater a este mister para não avançar e buscar a base para discutir a profissão”, afirma.

“Temos um imenso orgulho de vir a Aracaju e contribuir de alguma forma para a melhoria da prática do nutricionista. Estivemos em Feira de Santana na semana passada com o mesmo objetivo. Este programa (Formação Profissional) tem o objetivo, também, de aproximar profissionais e estudantes do Conselho, que é o órgão de classe que regula a profissão. A categoria entendeu isso e, nesses dois eventos, contamos com a presença de mais de 200 pessoas. Isso mostra como essas ações têm sido positivas para a profissão”, disse Rita.

O evento de Aracaju contou com seis palestrantes de renome tanto na atuação clínica como na pesquisa. A nutricionista Ane Jardim Botelho, doutora em Ciências da Saúde pela Universidade Federal de Sergipe. Com o tema Transição Alimentar do Lactente – da teoria à prática, ela foi contundente na explanação, que durou cerca de duas horas até o primeiro intervalo.

Na sequência, a nutricionista Naiana Oliveira Alves abordou o tema Introdução Alimentar pelo Método BLW: Como aplicar na prática Clínica. Com o auditório já lotado, a profissional, que é especialista em Nutrição Pediátrica (FMUSP/Instituto da Criança) e em Doenças Crônicas não Transmissíveis (Hospital Albert Einstein), também foi bastante elogiada pelos participantes.

A finalização da parte da manhã foi com o a palestra da nutricionista Bruna Nabuco Freire Siqueira. Formada pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), Bruna discorreu sobre um dos temas mais importantes: Seletividade Alimentar na Infância. Especialista em Nutrição Clínica e mestranda em Ciências da Nutrição pela UFS, a palestrante foi contundente nas suas afirmações e dirimiu dúvidas dos participantes, a maioria atuantes na área de nutrição clínica.

A nutricionista Kaliane Calisto gostou do evento. “É o primeiro evento do CRN-5 que eu venho. Não sei se é o primeiro que vocês promovem, mas eu gostei bastante, principalmente do novel das palestras, dos palestrantes, muito bons. Eu achava que deveria ter mais eventos como este para a gente ter a oportunidade de aprender mais e discutir mais coisas em relação a profissão”, destacou.
Tarde

Na parte da tarde foi a vez dos nutricionistas acompanharem mais uma sequência de três palestras. A primeira delas foi da professora Marta Maria Galvão de Souza Magalhães, mestre em Ciências da Saúde pela UFS. A professora, que já atuou no Hospital Universitário de Sergipe e lecionou no curso de Nutrição da Faculdade Estácio (Sergipe), falou sobre Anemias Nutricionais e Não Nutricionais na Infância. A palestra durou cerca de duas horas, chamando a atenção, principalmente, dos estudantes.

“Essa iniciativa do Conselho é fundamental. Acho que é a primeira vez que tivemos isso aqui em Sergipe. Então, desde que eu recebi a programação fiquei encantada. O nível das palestras, os temas, os palestrantes de alto nível. Uma temática voltada para a pediatria, um assunto que não é fácil de se encontrar formação. Espero que esse seja o primeiro de vários outros cursos. Eu gostaria que todas as escolas de Nutrição do estado se unam neste momento, para fazer esses cursos e aprofundamento para os profissionais. O CRN-5 e a Universidade Federal de Sergipe, que organizaram este evento, estão de parabéns”, declarou Marta Galvão..

A estudante Analú Bezerra Pires, que cursa o sétimo semestre de Nutrição na Faculdade Estácio-Fase, falou sobre o curso e a importância de eventos como esse serem promovidos pelo Conselho. “Durante o período acadêmico, a gente têm acesso a esses assuntos, mas de forma rápida. Aqui, você tem a oportunidade de ter mais conhecimento, aprende detalhes que, na faculdade, você não aprenderia”, contou.

A segunda palestra da tarde foi da nutricionista Itana Gomes Alves Andrade, com o tema Aleitamento Materno para Crianças com Alergia Alimentar: como proceder em relação a dieta da lactante. A profissional, que é pós-graduada em Docência (SENAC/SP), mestre em Pediatria e Ciências Aplicadas à Pediatria (UNIFESP/EPM) e doutoranda pelo mesmo programa de pediatria da UNIFESP/EPM, atua em São Paulo e contou sobre a experiência de voltar ao nordeste para ministrar um curso.

“Eu achei o máximo. A iniciativa do CRN-5 é muito importante até porque, aqui em Sergipe, a gente não tem tanto contato com outros profissionais. É uma classe que, aqui, é pequena. Por isso é importante que cada evento a gente se reúna mais. Com a união tudo cresce. As reivindicações ganham mais força. E muitas vezes o profissional não tem condições de sair para ver palestras, mas podemos trazer esses profissionais para cá”, afirmou Itana.

Veja também



Fale Conosco

X

Enviando seu email...

Email enviado com sucesso!