CRN-5 cumpre agenda institucional no Senado

20/04/2018 - 04:04

Na última quarta-feira, a presidente do Conselho Regional de Nutricionistas da 5ª Região (CRN-5), nutricionista Amanda Ornelas Trindade Melo, aproveitou a ida ao Congresso Brasileiro de Nutricionistas (Conbran 2018) para cumprir uma agenda institucional do CRN-5 no Senado Federal.

Na oportunidade, ela visitou o gabinete da senadora Lídice da Mata (PSB/BA). Também participaram da reunião os nutricionistas Leonardo Borges Murad e Luana Azevedo de Aquino, presidente e vice-presidente do CRN-4, e o também nutricionista José Hillário de Souza Damázio, presidente CRN-6.

Na pauta, discussão sobre a luta do Sistema CFN/CRN contra a implantação da método EAD na área de saúde; denúncia sobre um aplicativo de inteligência artificial que prescreve dietas; a aprovação do projeto de lei que regulamenta as 30h semanais de jornada de trabalho dos nutricionistas; entre outros temas.

Lídice se comprometeu em marcar uma audiência pública para discutir os temas abordados na reunião, em especial a questão do aplicativo e o EAD na área de saúde. “Eu considero isso uma temeridade. É o absurdo sendo proposto por grupos econômicos poderosos que só visam o lucro. Penso que devemos mobilizar todos os nutricionistas, as entidades de classe e todas as categorias da área de saúde contra esse retrocesso”, disse a senadora.

A parlamentar baiana ainda informou que vai propor um novo projeto de lei para regulamentar a jornada de trabalho dos nutricionistas em 30 horas semanais.”Penso que é justo um projeto de lei nesse nível. Algumas categorias da área de saúde já têm esse limite estabelecido e vamos buscar esse avanço também para os nutricionistas”, afirmou Lídice.

Para a presidente do CRN-5, a reunião mostrou que é preciso uma mobilização da categoria para que as pautas de interesse dos nutricionistas sejam apreciadas nas casas legislativas. “Temos consciência de que é preciso estarmos unidos nessas lutas. Todos sabemos que, sem nossa mobilização, será muito difícil avançar. Esse momento aqui em Brasília ilustrou como é importante estarmos atentos e cobrar dos nossos legisladores posições de interesse coletivo para os nutricionistas e, também, para a sociedade”, destacou.

Matéria atualizada às 19h27.

Veja também



Fale Conosco

X

Enviando seu email...

Email enviado com sucesso!