Conselhos profissionais publicam nota contra o EAD na área de saúde

22/02/2017 - 11:02

Está confirmado. Oito conselhos profissionais da área de saúde na Bahia escreveram uma nota pública em manifesto contra a adoção do ensino à distância nos cursos de graduação em instituições de ensino superior no Estado. Assinaram o documento os conselhos regionais de Nutricionistas (CRN-5); Fonaudiologia (Crefono-4); Medicina Veterinária (CRMV-BA); Farmácia (CRF-BA); Enfermagem (Coren); Odontologia (Croba); Biomedicina (CRBM-2) e Psicologia (CRP-3).

O CRN-5, desde o ano passado, já vem ocupando as redes sociais em denúncia contra essa investida das grandes corporações de ensino privado. “Estamos cientes que essa é uma luta dura contra megaempresas da área de educação superior que só querem lucrar e pouco se importam com a qualidade do ensino. Nós, do CRN-5, sabemos como é imprescindível os cursos da área de saúde – como o de Nutrição – serem 100% presenciais. Isso é uma questão obvia, não deveria ser nem discutida. Mas a sanha dessas empresas por dinheiro obriga a nós, trabalhadores e estudantes da área, a nos entrincheirar contra esse absurdo que é o EAD em saúde”, afirma a nutricionista e presidente do CRN-5,  Rita Frumento.

A nota, construída coletivamente pelos conselhos profissionais após a audiência pública realizada na última segunda-feira (20), na Assembleia Legislativa da Bahia, aborda todo a conjuntura da educação superior no país e ressalta a importância de barrar o retrocesso do EAD, sob pena de a sociedade ser a prejudicada com com serviços de saúde ocupados por profissionais pessimamente formados por essas instituições que aderiram a tal prática.

Leia a nota abaixo:

Veja também



Fale Conosco

X

Enviando seu email...

Email enviado com sucesso!