Semana do Peixe populariza consumo de pescado no País

9/09/2014 - 09:09

Nas duas primeiras semanas de setembro, a 11ª edição da Semana do Peixe é comemorada em todo o Brasil. Como tradicionalmente ocorre, a campanha conta com o apoio de redes de supermercado, feiras livres, mercados públicos, bares e restaurantes, escolas, colônias e sindicatos de pescadores, centros de nutrição e, principalmente, dos consumidores. Nesta época, durante a campanha, as redes de supermercado costumam fazer promoções e o consumo de pescado cresce aproximadamente 30%.

A campanha foi criada para estimular o consumo e a produção de pescado no País. Afinal, esta é a proteína animal mais saudável do mercado, sendo mesmo recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

O fato é que a Semana Santa – importante evento religioso – estimula o consumo no primeiro semestre de cada ano. No segundo semestre, a Semana do Peixe, que já integra o  calendário de eventos do País, faz a sua parte: contribui para embalar o consumo de pescado até o final do ano.

O esforço está sendo recompensado. Nos últimos dez anos, o consumo mais que dobrou no Brasil. Só de 2012 para 2013, o consumo no país cresceu quase 25% ultrapassando o mínimo estabelecido pela OMS que é de 12 Kg/habitante/ano. Hoje, a população consome em média 14,5 quilos de pescado por habitante/ano.

E tem mais, a Semana do Peixe estimula o trabalho de pescadores e aquicultores, no continente e no litoral. O que é muito importante para a geração de empregos.

Como 2014 é um ano eleitoral, o Ministério da Pesca e Aquicultura terá uma atuação mais discreta em relação à Semana do Peixe, para cumprir com a legislação que rege o pleito. Entretanto, irá garantir muitos eventos e atrações em todo o País.

Região Nordeste

Com forte tradição pesqueira, a região Nordeste encontra na atividade não apenas um alimento precioso para a sua população como fonte de emprego e renda. Agora, a região busca se destacar não apenas pela sua pesca artesanal e industrial como também pela forte expansão dos projetos de aquicultura, o cultivo de pescado. Esta nova riqueza torna a da 11ª Semana do Peixe um momento muito especial, de alegria, aprendizado e comemoração.

Semana do Peixe em Sergipe

Em Sergipe, a 11ª Semana do Peixe será divulgada diariamente, ao longo das duas primeiras semanas de setembro, às 10h, no Mercado Municipal de Aracaju e em shoppings centers da capital (Riomar e Jardins) e de Nossa Senhora do Socorro (Prêmio), município da Região Metropolitana de Aracaju. O enfoque da divulgação será o potencial pesqueiro de Sergipe e do Brasil para a produção pesqueira.

Entretanto, o lançamento da campanha no estado ocorreu no dia 1º de setembro, no Mercado Municipal de Aracaju, às 8h.

Nos dias 2 e 8 de setembro, às 9h, no auditório da Superintendência Federal da Pesca e Aquicultura no estado, um evento debateu estratégias para o aumento da produção do pescado no Estado.

No dia 7 de setembro aconteceu um curso sobre filetagem e conservação de pescado na cidade de Ilha das Flores.

No dia 11, no município de Canindé de São Francisco, a partir das 9 horas, será ministrada palestra na rede estadual e municipal de ensino sobre os benefícios do consumo de pescado. A mesma atividade ocorrerá para alunos de Aracaju, nos dias 6 e 10 de setembro, a partir das 8h.

Também está previsto, nos dias 11 e 12 setembro, a partir das 14h, oficinas com donas de casa e mulheres de pescadores sobre conservação, processamento, arte culinária e degustação de pescado, no Município de Nossa Senhora do Socorro.

Outra agenda positiva da campanha no estado, prevista para o dia 4 de setembro, a partir das 8h, será a conscientização de pescadores e filhos de pescadores para a preservação da bacia hidrográfica do rio São Francisco, bem como, nos dias 13 e 14, no mesmo horário, visitas com famílias de pescadores a áreas de aquicultura em tanque-rede, na região do baixo São Francisco.

Este rio nasce em Minas Gerais e deságua no Oceano Atlântico na fronteira de Sergipe com Alagoas, após percorrer 2.700 Km. Neste trabalho serão visitadas, entre outras cidades, Neópolis, Brejo Grande, Ilha das Flores, Pacatuba e Santana do São Francisco.

Semana do Peixe na Bahia

 

Na Bahia, a Semana do Peixe conta com palestras e ações promocionais em escolas. A abertura foi realizada no dia 2 de setembro, no auditório do Banco do Nordeste, no bairro do Comércio, em Salvador, em local próximo à Superintendência. Participaram do evento órgãos públicos parceiros, como a Bahia Pesca, e entidades representativas da classe pesqueira no estado. Durante a abertura foram discutidas ações para o incremento da produção pesqueira, além de formas para incentivar o consumo de pescado.

O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC/BA), em parceria com a Superintendência, promoveu palestras para convidados, nos dias 3 e 4 de setembro. O  tema abordado foi “Boas Práticas para Manipulação do Pescado”. As palestras foram proferidas na unidade do SENAC, no Bairro da Pituba, na capital do estado.

Durante a manhã do dia 09 de setembro, uma profissional do Conselho Regional de Nutricionistas da 5ª Região irá proferir palestra na Escola Estadual Antônio Carlos, na Vasco da Gama, Salvador. Será servido um coffee break para os alunos que incluirá petiscos a base de pescado para mostrar a importância do consumo de pescado para a saúde dos jovens.

Veja também



Fale Conosco

X

Enviando seu email...

Email enviado com sucesso!