Programas de alimentação escolar do Brasil são referência em estudo da União Africana

16/11/2017 - 07:11

Mais uma vez, os programas de alimentação e nutrição escolar do Brasil foram referência para a elaboração do relatório do Estudo da União Africana sobre Alimentação Escolar. Os resultados do estudo foram apresentados durante a segunda sessão Ordinária da Reunião de Ministros da Educação, Ciência e Tecnologia da África, realizada de 21 a 23 de outubro no Cairo, capital do Egito. O estudo ainda será apresentado aos chefes de estado da União Africana na cúpula de janeiro de 2018.

Vale lembrar que este ano a União Africana esteve no Brasil para uma visita técnica, conhecendo a experiência brasileira de alimentação escolar vinculada à agricultura local. O interesse da União Africana na ocasião era conhecer a alimentação escolar como forma de promoção do acesso, retenção e qualidade da educação.

As recomendações do estudo, no entanto, já haviam sido inicialmente validadas em maio de 2017 pelos países membros da União Africana e por profissionais da alimentação escolar.

Esse modelo de alimentação escolar do Brasil, afirma a ONU, mostrou ter múltiplo benefícios para o desenvolvimento comunitário, proteção social e criação de empregos, além de desempenhar papel crucial no alcance do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável dois, de fome zero.

Foto: PMA/Alexandra Hilliard
Com informações da ONU

Veja também



Fale Conosco

X

Enviando seu email...

Email enviado com sucesso!