Petição pública pede fim de anúncio da Coca-Cola

8/08/2013 - 04:08

A Frente pela Regulação da Publicidade de Alimentos, composta por diversas entidades da sociedade civil, lançou esta semana uma petição pública na internet para pedir a remoção da campanha publicitária Energia Positiva, veiculada pela Coca-Cola no Brasil.

A propaganda é exibida na televisão, cinema, outdoors, pontos de venda e plataforma online. De acordo com a Frente, esta campanha já foi proibida por órgãos do México e do Reino Unido, por ser considerada enganosa e trazer riscos à saúde.

De acordo com o manifesto, a campanha transmite informações erradas aos consumidores, pois promove o consumo maior de calorias para ser gasto com diferentes atividades físicas, e ainda não deixa claro que esse produto contém sódio e outros aditivos químicos que podem acarretar problemas de saúde.

A Frente entende que este tipo de publicidade contribui para agravar a epidemia atual de sobrepeso e obesidade que a população brasileira está sofrendo. Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF), realizada pelo IBGE, revela que metade da população adulta do Brasil está acima do peso ideal.

A Coca-Cola tenta associar a imagem da sua marca a pessoas saudáveis e exercícios físicos, porém ela é responsável por introduzir no mercado produtos com altas taxas de açúcar, e de sódio, e pouco nutritivos, que contribuem para o aumento da obesidade, diabetes e outros problemas de saúde. Ou seja, muitas calorias vazias e nada de energia positiva!, destaca o manifesto da Frente pela Regulação.

Fonte: Frente pela Regulação da Publicidade de Alimentos

 

Veja também



Fale Conosco

X

Enviando seu email...

Email enviado com sucesso!