Filme “Saúde tem Cura” aborda a potência e as fragilidades do SUS

8/06/2022 - 10:06

É público, gratuito e universal

No dia 8 de junho estreia o filme “Saúde tem Cura”, dirigido pelo cineasta das utopias Silvio Tendler, em parceria com o Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (Cebes) e apoio da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), sobre o Sistema Único de Saúde brasileiro (SUS). A peça irá ao ar no canal do YouTube da produtora cinematográfica Caliban. 

O filme mostra como era o Brasil antes do SUS, fala da luta para a sua criação, traça um panorama da atualidade e pensa o futuro da saúde pública no Brasil. Conta com depoimentos de profissionais que participaram da sua criação, de médicos como Drauzio Varella, Paulo Niemeyer e Margareth Dalcolmo, de profissionais que atuam no dia a dia do sistema, de representantes da sociedade civil e de usuários.

Confira: https://www.youtube.com/c/calibancinema

O SUS

O Sistema Único de Saúde (SUS) é um dos maiores e mais complexos sistemas de saúde pública do mundo, abrangendo desde o simples atendimento para avaliação da pressão arterial, por meio da Atenção Primária, até o transplante de órgãos, garantindo acesso integral, universal e gratuito para toda a população do país.

Com a sua criação, o SUS proporcionou o acesso universal ao sistema público de saúde, sem discriminação. A atenção integral à saúde, e não somente aos cuidados assistenciais, passou a ser um direito de todos os brasileiros, desde a gestação e por toda a vida, com foco na saúde com qualidade de vida, visando a prevenção e a promoção da saúde.

Veja também



Fale Conosco

X

Enviando seu email...

Email enviado com sucesso!