FAO pede mais leis públicas para impulsionar dietas saudáveis

11/06/2019 - 04:06

Na abertura do simpósio internacional ‘O Futuro dos Alimentos’, que ocorreu nesta segunda-feira (10), em Roma, o diretor geral da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), José Graziano da Silva, pediu que países adotem incentivos e leis públicas para promover dietas saudáveis.

Medidas que incluam tanto estímulos para que o setor privado produza alimentos mais nutritivos, quanto taxações de produtos pouco saudáveis e controle da publicidade. Segundo Graziano, é preciso mudar o foco de produzir mais alimentos para produzir alimentos mais saudáveis.

O simpósio reuniu especialistas de diversas partes do mundo para debater pesquisa, governança e transformações em sistemas alimentares. As atividades ocorreram até esta terça-feira (11).

DADOS

Segundo a agência da ONU, atualmente, no mundo, mais de 2 bilhões de adultos com 18 anos ou mais estão acima do peso. Desse grupo, mais de 670 milhões são obesos. O aumento da obesidade entre 2000 e 2016 foi mais rápido do que o avanço do sobrepeso em todas as faixas etárias. Quase 2 bilhões de pessoas no planeta sofrem com deficiências de micronutrientes. Projeções estimam que o número de pessoas obesas vai ultrapassar em breve o número global de pessoas que passam fome, estimado atualmente em 820 milhões.

Fonte: ONU

Compartilhe:

Veja também



Fale Conosco

X

Enviando seu email...

Email enviado com sucesso!

slot gacor skybet88 slot online skybet88 skybet88 skybet88 slot gacor skybet88 skybet88 slot bonus new member skybet88 slot shopeepay skybet88 skybet88 skybet88 slot shopeepay slot gacor skybet88 demo slot skybet88 skybet88 skybet88 skybet88 skybet88 skybet88