Dica de Nutrição: garanta energia e saúde antes e durante o Carnaval

26/02/2014 - 11:02

Para quem curte o carnaval, os momentos que antecedem a festa são de grande expectativa. Antes de partir para a diversão, é comum (e aconselhável) passar no supermercado e fazer uma compra básica. “O ideal é encher o carrinho (e depois a geladeira ou fruteira) de frutas que, além de serem práticas e fornecerem vitaminas, minerais e muita energia, ajudam a hidratar o corpo”, declara a nutricionista Taiana Monteiro Mellado.

A dica da nutricionista, principalmente para quem ainda não adquiriu bons hábitos alimentares, é que o folião comece a se alimentar melhor antes mesmo do início do Carnaval. “Uma alimentação equilibrada é muito importante para quem pretende curtir a festa. A aceleração do metabolismo – causada por um maior gasto calórico – precisa ser compensada pela ingestão de frutas, verduras, cereais integrais, boas fontes de proteína, carboidrato e gordura”, resume. O objetivo é fornecer ao corpo os principais nutrientes que serão perdidos com o suor e com o desgaste físico.

A Nutricionista alerta que “o folião deve evitar as dietas restritivas ou, seja, nada de começar uma dieta da moda para ficar bem no abadá customizado com o umbigo de fora. Esta tentação pode ser muito perigosa para a saúde”, adverte a nutricionista. “O ideal, para quem puder, é agendar uma consulta com um nutricionista antes do Carnaval, para que este profissional monte um plano alimentar de acordo com as necessidades específicas de cada pessoa”, declara.

Deve-se evitar consumir em excesso produtos industrializados, ricos em gordura, açúcar e sal. Além disso, o consumo de preparações com soja, frango, tofu ou quinoa é recomendável “antes, durante e depois da folia”.

O consumo moderado de alimentos como massas integrais, aipim, batata doce, cuscuz e beiju são fontes de carboidratos que podem fornecer energia para o corpo desde o período que antecede o Carnaval.  Associado a elas, é recomendável utilizar oleaginosas (nozes, castanhas, amêndoas, pistache) e azeite de oliva como fontes energéticas.

“Antes e, principalmente, durante a festa, as pessoas devem evitar ingerir alimentos de origem duvidosa e em locais com pouca higiene, para não sofrer depois com o surgimento de toxinfecções alimentares e doenças gastrointestinais”, destaca Taiana. Também por isso, não dá para esquecer de lavar sempre as mãos antes e depois de comer, e quando usar o sanitário.

Festa Nutritiva

Durante a festa, a alimentação deve ser de fácil digestão e bastante nutritiva.  O intervalo ideal entre as refeições é de três horas, mas o folião que não conseguir respeitar este intervalo pode optar por lanches nutritivos como sanduiches naturais, mix de sementes oleaginosas e frutas desidratadas, além de vitaminas de frutas com cereais, saladas de folhas com proteína, iogurtes com granola, barra de cereais e de proteínas, açaí e sucos naturais.

Se o ideal é beber pelo menos dois litros de água em dias normais, no Carnaval, em que o corpo normalmente perde mais água, este consumo deve aumentar. Sucos de frutas também são bem vindos. Além disso, “as bebidas isotônicas são fontes de sais minerais e carboidratos de rápida absorção que, além de hidratar, ajudam a repor os sais minerais perdidos pelo suor e ainda fornecem energia extra para o folião”, declara Taiana. A água de coco, por sua composição, assemelha-se a um isotônico, podendo ser largamente consumida pelos foliões. “Mas é preciso ter cuidado com o excesso de bebidas isotônicas e energéticas. Os energéticos, por terem cafeína, podem causar taquicardia e os isotônicos podem sobrecarregar a função renal”, pondera a nutricionista.

Em último caso

 

Para Taiana Mellado, exceder no consumo de bebidas alcoólicas não é uma boa ideia, mas se esta for a escolha do folião, que pelo menos ele alterne as latinhas de cerveja com boas quantidades de água para evitar a desidratação e repor vitaminas hidrossolúveis e minerais perdidos. Beber de estômago vazio, jamais.

“Ingerir água (antes, durante e depois da festa), água de coco, frutas, sucos elaborados com água de coco, couve, hortelã, clorofila e frutas antioxidantes ajudam a recuperar o fígado”, declara a Nutricionista.  “Para ajudar este órgão a funcionar, uma boa dica é consumir chás de boldo, erva doce e hortelã. Para amenizar os enjôos, vale mastigar um pedaço de gengibre. O que não pode acontecer, de jeito nenhum, é curtir sem se alimentar, para não ficar de fora da festa”, conclui.

Veja também



Fale Conosco

X

Enviando seu email...

Email enviado com sucesso!