CRN-5 promove Fórum de Escuta sobre dilemas éticos dos nutricionistas em Salvador

12/11/2014 - 04:11

O Conselho Regional de Nutricionistas da 5ª Região (Bahia e Sergipe) promoveu o “I Fórum de Escuta da Categoria – Falando e Escutando o meu Ser Nutricionista” na tarde da última terça-feira, 11 de novembro, no auditório da Faculdade Ruy Barbosa, em Salvador. Organizado pela Comissão Especial do Código de Ética do Nutricionista (Cecet) do CRN-5, o evento teve como objetivo principal identificar conflitos éticos e técnicos da prática profissional individual e coletiva do nutricionista para subsidiar a construção de um novo código de ética, mais abrangente e contextualizado.

“Cumprimos nossa meta de levantar o posicionamento de nutricionistas de Salvador que atuam nas mais variadas áreas em relação aos dilemas éticos vivenciados pela categoria no dia a dia”, comemorou a coordenadora da Cecet do Regional, Nutricionista Fátima Christina Santana. Os dados levantados serão enviados ao Conselho Federal de Nutricionistas (CFN), a fim de colaborar com a revisão do Código de Ética Profissional que está sendo realizada com o apoio direto de nutricionistas de todo o Brasil. Até março de 2015, pelo menos dois outros fóruns serão realizados pela Cecet do CRN-5, fora de Salvador, em área de abrangência do Regional. O prazo estabelecido pelo CFN para a finalização completa da revisão é 2016.

“Na preparação do I Fórum de Escuta da Categoria no Regional, foram promovidas reuniões deliberativas em conjunto com a diretoria e preliminarmente com a Comissão de Ética do CRN-5, que culminaram na formação da Cecet, uma comissão especial de caráter temporário”, explicou a conselheira coordenadora da Comissão de Ética e vice-presidente do CRN-5, Márcia Paranaguá, que em nome da presidente da entidade, Valquíria Agatte, abriu o Fórum de Escuta com palavras de saudação e agradecimentos.

Além de enfatizar a importância do evento, a conselheira falou da certeza de obtenção de bons resultados, respaldada pelo conhecimento do grupo de profissionais que acataram a convocação e se fizeram presentes no evento. “Este  marco decisório caracteriza um momento singular de socialização da categoria em torno da revisão de uma lei que trata das relações inter e intraprofisionais, como é o Código de ética”, destacou Paranaguá.

Em seguida, Fátima Christina incentivou os nutricionistas a responderem e divulgarem entre seus pares o questionário temático disponibilizado no site do CFN (https://pt.surveymonkey.com/s/HHTWWPD). O resultado desta consulta pública será considerado pela Cecet Nacional na revisão do código”.

Após definir conceitos de ética e moral, a coordenadora da Cecet Regional explicou a metodologia do fórum, dividindo os participantes em cinco grupos de discussão liderados por um “anfitrião” (representante da Cecet ou da Comissão de Ética do CRN-5). Os grupos receberam uma lista contendo 14 temas para discussão de apenas três que fossem, entre todos, considerados os mais importantes.

1) Conflito de interesse com a indústria e comércio de alimentos; 2) invasão das competências do nutricionista; 3) sigilo profissional; 4) remuneração/salário; 5) adoção de práticas não convencionais; 6) abrangência e limites da responsabilidade profissional; 7) relações profissionais com chefias, colegas e subordinados; 8) identificação profissional e títulos: graduação, especialização e especialidade; 9) responsabilidade técnica e anotação de RT (limites para anotação de RT); 10) limites e potenciais da utilização da TI (tecnologia da informação) na prática profissional; 11) políticas e programas públicos de alimentação e nutrição – papel do nutricionista; 12) potencial e limites da atuação em equipes multiprofissionais; 13) relação entre docente e discentes e 14) publicidade na mídia foram os itens disponibilizados inicialmente.

As discussões dos temas escolhidos deram origem a quadros resumidos de escutas da categoria, que foram sinteticamente compartilhados por representantes de cada grupo. Os dados, que buscaram refletir os perfis dos profissionais atuais e o que eles almejam para o futuro, estão sendo avaliados pela Cecet. O resultado final do Fórum  será compilado em um relatório que será divulgado em breve pelo Regional e encaminhado para o Conselho Federal de Nutricionistas.

O Fórum contou, ainda, com uma oficina em que cada participante respondeu em uma ou duas palavras às perguntas: “quem somos enquanto categoria?” e “quem queremos ser ou onde pretendemos chegar?”. As respostas foram coladas em um quadro e, em seguida, os participantes tiveram a oportunidade de dar depoimentos pessoais, alguns emocionados, sobre as respostas. Frases como “não desanimem diante das dificuldades”; “quando eu mudo, o mundo muda” e “vamos em frente!”, deram o tom positivo de encerramento do evento.

 

Veja também



Fale Conosco

X

Enviando seu email...

Email enviado com sucesso!