Sindnut Bahia e CRN-5 defendem respeito ao Piso salarial da categoria

26/11/2013 - 05:11

O Conselho Regional de Nutricionistas da 5ª Região (CRN-5) firmou convênio de cooperação mútua com o Sindicato de Nutricionistas do Estado da Bahia (Sindnut Bahia) com objetivo de unir esforços para dar cumprimento à Resolução CFN nº 334/2004, que estabelece ser vedado ao Nutricionista aceitar remuneração abaixo do valor mínimo definido pela entidade sindical ou outra entidade de classe que defina parâmetros mínimos de remuneração.

O Sindnut Bahia acompanha os níveis salariais praticados no Estado dos Nutricionistas que atuam nas diversas áreas, tais como: Nutrição Clínica (Hospitais e Clínicas, Ambulatórios, Consultórios, etc.); Saúde Coletiva (Programas Institucionais, Unidades Primárias de Saúde, Vigilância Sanitária); Alimentação Coletiva (Unidade de Alimentação e Nutrição – UAN, Creches e Escolas, Restaurantes Comerciais, Hotéis e Similares, etc.); Indústrias de Alimentos, Esportes, entre outras.

O CRN-5, juntamente com o Sindnut Bahia, em ação fiscalizatória, verificou que estão sendo realizados concursos estabelecendo salários para Nutricionistas abaixo do piso da categoria. “O Sindicato preconiza que as empresas contratantes pratiquem pelo menos o piso salarial mínimo (indicado para recém-formados)”, destaca o presidente do Sindnut Bahia, Walter Moraes. “Entendemos que não seja intenção das Prefeituras Municipais praticarem valores divergentes com o estabelecido pelo Sindicato da categoria”, acredita a presidente do CRN-5, Valquíria Agatte.

Confira os valores mínimos atualmente válidos, definidos na Assembleia Geral realizada no dia 14 de setembro de 2013, no site www.sindnuba.org.br

Veja também



Fale Conosco

X

Enviando seu email...

Email enviado com sucesso!