Consumo anual de peixe no Brasil é de apenas 9kg por habitante

14/10/2013 - 12:10

Um estudo brasileiro publicado na última edição do Jornal de Pediatria analisou o leite humano e constatou as consequências da falta de ingestão de carne branca.

Ao analisar um grupo de mães do interior de São Paulo, os cientistas descobriram que o líquido tinha um dos menores teores de DHA no mundo, apenas 0,09%. A média preconizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) é de 0,3%. “Isso tem relação com a alimentação dos brasileiros.

A principal fonte desse nutriente são Peixes Marinhos, como sardinha, Atum, cavala, salmão e truta. Mas sabemos que, nas regiões interioranas, o consumo desses alimentos é ainda mais limitado,” pondera o nutrólogo Mário Falcão. “Entre os nutrientes presentes no leite humano, no Brasil, o baixo índice de DHA é muito preocupante e pode refletir em deficits neurológico e visual”, completa o médico.

A OMS indica ainda que o leite materno seja o alimento exclusivo durante os primeiros seis meses de vida do bebê. Além do DHA, ele contém anticorpos, fatores imunomoduladores e anti-inflamatórios, que não podem ser reproduzidos. O aleitamento materno também apresenta benefícios a longo prazo na diminuição dos riscos de doenças crônicas decorrentes da alimentação inadequada, como a obesidade e a hipertensão.

Fonte: Correio Braziliense

Veja também



Fale Conosco

X

Enviando seu email...

Email enviado com sucesso!