A Diretriz de Terapia Nutricional no Paciente com Doença Renal, previamente publicada em 2011, foi atualizada pela Sociedade Brasileira de Nutrição Parenteral e Enteral (BRASPEN). A atualização foi recentemente publicada no BRASPEN Journal (Volume 36 – Número 02 – Suplemento 02 – Diretrizes 2021).

Preparada por um grupo de especialistas de diferentes áreas, envolvendo a BRASPEN, a Associação Brasileira de Nutrição (ASBRAN) e a Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), o objetivo é fornecer recomendações baseadas em evidências sobre o cuidado nutricional de pacientes com doença renal aguda e crônica. A atualização de recomendações foi guiada por diretrizes internacionais e nacionais, além de estudos atuais de relevância científica.

O material foi elaborado para apresentar respostas a questões específicas, como dúvidas sobre suplementação recomendada de micronutriente e manejo de eletrólitos em pacientes com IRA, instrumentos de diagnóstico de desnutrição específicos para pacientes com doença renal, proteínas e vegetais na dieta de pacientes com DRC, entre outras.

Cada resposta resultou em nível de evidência, utilizando o sistema Grading of Recommendations, Assessment, Development and Evaluation (GRADE) para uniformizar as recomendações. Nesse sistema, a avaliação da qualidade da evidência é realizada para cada desfecho analisado, com a utilização de conjunto disponível de evidência. A qualidade da evidência é classificada em quatro níveis: alto, moderado, baixo e muito baixo.

Clique aqui e confira o documento completo.

FONTE: ASBRAN

IMAGEM: CFN

O Conselho Federal de Nutricionistas (CFN) foi em busca de apoio para a aprovação do projeto de lei (PL) 5.881/2019, que trata da inclusão dos exames complementares solicitados por nutricionistas, quando necessários ao acompanhamento dietoterápico. Na manhã desta quarta-feira (14), o órgão foi representado pelas nutricionistas Nancy Aguiar e Elisabeth Chiari, vice-presidente e diretora-secretária, respectivamente, e pela assessora parlamentar Gerlane Alves. 

Na oportunidade, elas se reuniram com o deputado federal Walter Alves (MDB/RN), integrante da comissão especial instalada na última semana e que analisará os projetos de lei relacionados à saúde suplementar. O parlamentar foi receptivo, ouviu os argumentos das nutricionistas, tirou dúvidas sobre o projeto de lei e prometeu que avaliará a matéria. Ele também recebeu uma nota técnica que fundamenta a aprovação do PL 5.881/2019, beneficiando o usuário final da saúde suplementar.

COMISSÃO ESPECIAL

Desde o início desta semana o CFN tem buscado os deputados que compõem a comissão especial instalada para retomar o debate sobre mudanças na Lei 9.656, de 3 de junho de 1998, conhecida como a Lei dos Planos de Saúde. Essa comissão conta com 34 integrantes titulares e 34 suplentes para analisar 248 projetos de lei apensados relacionados à saúde suplementar. Um dos projetos é o PL 5.881/2019, que trata dos exames laboratoriais prescritos por nutricionistas.

O texto reforça que “a não aceitação dos exames laboratoriais solicitados por nutricionistas como um procedimento a ser ressarcido pelos planos de saúde e operadoras aos laboratórios credenciados, consiste em grande entrave à prestação da assistência e acompanhamento clínico nutricional por estes profissionais à população”.

MOBILIZAÇÃO

No total, a comissão especial que vai debater a Lei dos Planos de Saúde conta com 68 deputados federais, entre titulares e suplentes. Veja a lista abaixo com nome e e-mail do gabinete dos parlamentares da jurisdição do CRN-5:

SERGIPE

Deputado Fábio Mitidieri (PSD-SE) – dep.fabiomitidieri@camara.leg.br

BAHIA

Deputado Adolfo Viana (PSDB-BA) – dep.adolfoviana@camara.leg.br

Deputada Lídice da Mata (PSB-BA) – dep.lidicedamata@camara.leg.br

 “A promoção da saúde no SUS – alimentação e nutrição na APS”, esse será o tema do evento promovido pelo Departamento de Promoção da Saúde e a Secretaria de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde (DEPROS/SAPS/MS) nesta quinta-feira (8).  O evento será transmitido a partir das 16h, no Canal do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS) no YouTube (https://bit.ly/promocaodasaudenosus).

O ciclo de encontros conta com eventos a cada 15 dias. O cronograma desses eventos apresenta temas urgentes que devem ser debatidos por profissionais e pesquisadores. As lives contribuem para o desenvolvimento de novas tecnologias e programas de armazenamento, gerenciamento, monitoramento e avaliação das ações de Atenção Primária à Saúde (APS), auxiliando na gestão e qualificação do trabalho dos diversos profissionais da área da saúde.

Nesta quinta-feira (01/07), a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) promove o evento online de lançamento da agenda de trabalho do Ano Internacional das Frutas, Legumes e Verduras no Brasil, como parte das ações do Ano Internacional de Frutas, Legumes e Verduras, liderado pela FAO.

A ações está sendo realizada em parceria com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS), Ministério da Saúde – por meio da Coordenação-Geral de Alimentação e Nutrição do Departamento de Promoção da Saúde e do Instituto Nacional de Câncer (INCA) –, e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

O webinar acontece das 16h30 às 18h00 (horário de Brasília) e tem como objetivo proporcionar um amplo debate sobre o tema e mobilizar os gestores públicos e profissionais envolvidos com a temática, de forma a reconhecer os desafios e oportunidades locais para a ampliação do acesso e consumo de FLV, considerando a estreita relação com melhores condições de saúde e nutrição da população.

Link de acesso à transmissão? https://youtu.be/VzLjtUigNg4

FONTE: FAO Brasil 

CLASSIFICAÇÃO DOS PRÊMIOS

Os dez (10) primeiros resumos expandidos submetidos com maior escore por área, conforme critério de avaliação da banca examinadora (critério de avaliação classificatória do Barema com valor mínimo de 7 pontos), estarão classificados. 

Destes, os dois primeiros estarão aptos para apresentação oral por área.

Os demais, serão gravados em vídeo e disponibilizados no canal do Youtube do CRN-5.

Confira a classificação dos trabalhos de forma detalhada e confira se o seu trabalho foi classificado para gravação de vídeo ou apresentação oral:

Prêmio Angeolina Rossi: https://bit.ly/2TQ62sG

Prêmio Silvina Aquino: https://bit.ly/3cZX42I

Destacamos que os Prêmios Drª. Angeolina Rossi e Drª. Silvina Aquino serão concedidos aos trabalhos que obtiverem a maior pontuação final em cada eixo temático e categoria, mediante a Apresentação Oral, não havendo interferência da modalidade na qual os trabalhos foram inscritos.

DICAS E SUGESTÕES PARA GRAVAÇÃO DO VÍDEO:

Os vídeos devem ser enviados até o dia 04 de julho e serão disponibilizados no canal do Youtube do CRN-5, a organização do evento ficará responsável em disponibilizar os vídeos no canal. Para conferir todas as dicas sobre iluminação, áudio, enquadramento e edição do vídeo, acesse o GUIA PARA APRESENTAÇÃO EM VÍDEO:  https://bit.ly/2Us0sNv

PERGUNTAS FREQUENTES:

Como saber se o meu trabalho foi classificado para gravar vídeo ou apresentar de forma oral? 

Acesse o PDF com a classificação dos trabalhos, no arquivo estão as informações completas sobre os trabalhos classificados:

Prêmio Angeolina Rossi: https://bit.ly/2TQ62sG

Prêmio Silvina Aquino: https://bit.ly/3cZX42I

Quantas pessoas devem aparecer no vídeo? 

Os integrantes do grupo devem escolher um integrante para aparecer na gravação.

Posso utilizar slides na gravação do meu vídeo?

Sim. Slides, imagens e textos podem ser inseridos no vídeo como apoio para gravação. Separamos alguns exemplos que podem ser seguidos:

Existe um modelo de slide para o vídeo?

Sim. Deve ser utilizado o slide padrão com layout do prêmio, disponível para download:

Prêmio Angeolina Rossi: https://bit.ly/2SgPae6 

Prêmio Silvina Aquino: https://bit.ly/3wJVNVk 

Como devo enviar o vídeo para o CRN-5?

Após a gravação do vídeo e dos procedimentos para gerar o link para download (via Google Drive, Dropbox ou outra plataforma de compartilhamento) acesse o formulário no link a seguir (Formulário vídeo-pôster)  e preencha as informações, incluindo o link do vídeo. É importante que o link enviado esteja autorizado para realização do download. 

APRESENTAÇÃO ORAL

A apresentação dos trabalhos classificados para apresentação oral acontece no dia 10 de julho, a partir das 8h. O evento será realizado de forma virtual e transmitido, ao vivo, no canal do youtube do CRN-5. 

PERGUNTAS FREQUENTES:

Como saber se o meu trabalho foi classificado para apresentar de forma oral ou gravar vídeo? 

Acesse o PDF com a classificação dos trabalhos, no arquivo estão as informações completas sobre os trabalhos classificados:

Prêmio Angeolina Rossi: https://bit.ly/2TQ62sG

Prêmio Silvina Aquino: https://bit.ly/3cZX42I

Qual o horário da minha apresentação?

A programação com os horários de cada apresentação será disponibilizada no site do Conselho e será enviada para o e-mail dos participantes.

A apresentação deve ser em slide padrão?

Sim. Todas as apresentações deverão ser apresentadas em Power Point (versão 97 ou superior), conforme padrão do slide disponível para download:

Prêmio Angeolina Rossi: https://bit.ly/2SgPae6 

Prêmio Silvina Aquino: https://bit.ly/3wJVNVk 

Devo enviar minha apresentação antes para a organização do evento?

Não. O slide será compartilhado na plataforma do evento pelo próprio apresentador no dia do evento.

Qual o tempo de apresentação?

Cada apresentação deverá ter no máximo 10 minutos.

Quantas pessoas podem realizar a apresentação?

Apenas uma pessoa, o grupo deve escolher um integrante e preencher o formulário a seguir: Formulário – Apresentação oral (ao vivo)

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) divulgou uma pesquisa inédita no país, para avaliar a existência de agrotóxicos em diversos produtos ultraprocessados consumidos pelos brasileiros diariamente. Dos 27 produtos analisados, 16 apresentaram pelo menos um tipo de agrotóxico, todos os dados sobre a pesquisa estão reunidos na cartilha “Tem Veneno Nesse Pacote”.

O documento apresenta informações importantes pela melhoria das políticas públicas, reforçando as recomendações publicadas no Guia Alimentar para a População Brasileira, priorizando alimentos in natura e minimamente processados, alimentos orgânicos e de base agroecológica.

A cartilha revela resultados da análise de produtos ultraprocessados, dados sobre o consumo de agrotóxico no Brasil e sua relação sobre o modelo de agronegócio em vigor no país, os riscos do consumo de agrotóxico para a saúde pública, meio ambiente e direitos humanos, explica o que é a sindemia global e o que vem sendo feito para cobrar das autoridades, soluções para esses problemas.

A pesquisa analisou 27 produtos divididos em oito categorias: refrigerantes, néctares, bebidas de soja, cereais matinais, salgadinhos, biscoitos de água e sal, biscoitos recheados e pães de trigo. Seis categorias apresentaram resíduos de agrotóxicos, com 16 produtos (59,3%) apresentando pelo menos um tipo de agrotóxico.

 Clique aqui para baixar a cartilha.

Entre os dias 17 e 19 de novembro de 2021, acontece  o 18º Congresso da Confederação Latino-americana de Nutricionistas e Dietistas, que ocorrerá de forma virtual no Brasil. O Congresso Confelanyd é um evento internacional que abrange a comunidade Latino-americana e do Caribe de nutricionistas da Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Guatemala, México, Panamá, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

O objetivo do encontro  é discutir as atualidades sobre os diversos temas e políticas públicas da Nutrição nos 14 países que compõem a Confederação. Desde 1967, com a sua fundação, a Confelanyd busca a integração e a troca de saberes entre os profissionais, cooperando para avanços na prática do nutricionista e no aprofundamento de estudos científicos.

Para saber mais sobre o evento, conhecer os palestrantes e realizar a inscrição, os interessados devem acessar o link: confelanydbrasil.com.br

Foi protocolado o Projeto de Lei (PL) nº 1578/2021, que pode alterar a Lei nº 8.234/91, que regulamenta a profissão de nutricionista, o texto, de autoria do deputado federal Alexandre Frota (PSDB/SP), trata do piso salarial (no valor de cinco salários mínimos) e da jornada de 30 horas semanais, com remuneração proporcional caso a jornada exceda as 30 horas, não podendo ultrapassar as 44 horas semanais. A matéria já está em tramitação na Câmara dos Deputados, após um intenso trabalho de articulação do Conselho Federal de Nutricionistas (CFN).

A justificativa para apresentação do PL leva em consideração a atuação dos nutricionistas na linha de frente no combate à Covid-19, valorizando os profissionais da Nutrição, e também a necessidade da população ser melhor assistida por profissionais com jornada de trabalho justa no ambiente hospitalar.

Vale destacar que a proposta é suprapartidária. Ou seja, qualquer deputado federal, de qualquer partido, pode ingressar na pauta e reforçar o encaminhamento da matéria para aprovação no parlamento.

Fonte: CFN

A Gerência-Geral de Alimentos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (GGALI/ANVISA) disponibilizou no portal do órgão, os arquivos base e a malha construtiva para a construção dos modelos da tabela de informações nutricionais e da rotulagem frontal. Segundo a GGALI/ANVISA, a publicação dos arquivos favorece a adequada implementação dos regulamentos sobre rotulagem nutricional, aprovados pela Diretoria Colegiada (Dicol).

A partir de outubro de 2022, um símbolo em forma de lupa deverá estar visível na frente das embalagens, para identificar o alto teor de três nutrientes críticos (gordura saturada, sódio ou açúcar adicionado) prejudiciais à saúde. O objetivo é melhorar a clareza e legibilidade das informações nutricionais apresentadas no rótulo dos alimentos e auxiliar o consumidor a realizar escolhas alimentares mais conscientes.

ROTULAGEM FRONTAL

A nova regra de rotulagem entrará em vigor a partir de outubro de 2022 (24 meses após a publicação da resolução). Os produtos fabricados antes da norma entrar em vigor, ainda poderão ser comercializados até final da validade. Já os alimentos fabricados por empresas de pequeno porte, como agricultores familiares e microempreendedores, também possuem um prazo de adequação, mas de 12 meses após a entrada em vigor da norma.

Os produtos que forem destinados exclusivamente ao processamento industrial ou aos serviços de alimentação deverão estar adequados a partir da entrada em vigor do regulamento para garantir que os fabricantes tenham acesso às informações nutricionais das matérias-primas e ingredientes alimentares utilizados em seus produtos.

Para ter acesso aos arquivos disponibilizados pela ANVISA, clique aqui.

O Conselho Estadual de Segurança Alimentar da Bahia (CONSEA-BA) realizou nesta quarta-feira (28) a plenária de eleição dos conselheiros e conselheiras, além da presidência para o biênio 2021-2023, e o Conselho Regional de Nutricionistas da 5ª Região (CRN-5) – Bahia e Sergipe marcou presença no encontro, que aconteceu de forma virtual. A eleição contou com a participação de 56 membros do conselho, sendo 2/3 da sociedade civil e 1/3 do poder público. 

O CRN-5 foi representado pela nutricionista Iane Freitas, conselheira e representante do órgão no CONSEA-BA. A nova presidenta do CONSEA-BA é Débora Rodrigues, representante do Fórum Baiano de Economia Solidária, que foi eleita por aclamação. O então presidente José Moacir Santos e a secretária executiva do conselho, Márcia Dias, conduziram o encontro.

INSEGURANÇA ALIMENTAR NO BRASIL

Na primeira parte da reunião, antes da eleição, a professora Sandra Chaves, da Escola de Nutrição da Universidade Federal da Bahia, apresentou o estudo sobre insegurança alimentar no contexto da pandemia da Covid-19 no Brasil. O estudo foi produzido pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (PENSSAN).

Segundo dados da Rede PENSSAN, do total de 211,7 milhões de brasileiros(as), 116,8 milhões conviviam com algum grau de Insegurança Alimentar e, destes, 43,4 milhões não tinham alimentos em quantidade suficiente e 19 milhões de brasileiros(as) enfrentavam a fome. 




Fale Conosco

X

Enviando seu email...

Email enviado com sucesso!