Audiência pública na Alba vai debater os prejuízos da formação EAD para a área de saúde

16/02/2017 - 12:02

Acontece na próxima segunda (20), a partir de 9h, na sala das comissões da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), uma audiência pública para discutir o ensino a distância (EaD) na formação profissional. O evento, proposto pelo deputado estadual Fabrício Falcão (PCdoB), reunirá profissionais, estudantes e representantes de conselhos profissionais de diversas áreas da saúde contrários à esta metodologia de ensino no segmento, que cresce entre as instituições de ensino superior privadas em todo o país.

Com o lema “Saúde é Presencial”, diversos órgãos e entidades de classe já confirmaram presença, como os conselhos regionais de Nutricionistas (CRN-5); Enfermagem (Coren); Odontologia (CRO-BA); Psicologia (CRP); Fonoaudiologia (Crefono) e Farmácia (CRF), além de entidades sindicais que já confirmaram apoio ao movimento, como o Sindsaúde, Central Única dos Trabalhadores (CUT) e Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB).

De acordo com lideranças do movimento contra a implantação do sistema EAD nas graduações da área de saúde, a mobilização regional dos conselhos e demais entidades de classe também acontece em outros estados e, em breve, terá repercussão nacional com uma agenda de lutas de todas as categorias envolvidas.

Veja também



Fale Conosco

X

Enviando seu email...

Email enviado com sucesso!