2014 será o Ano Internacional da Agricultura Familiar

2/01/2014 - 02:01

A FAO declarou 2014 como o Ano Internacional da Agricultura Familiar (AIAF), procurando desta forma dar visibilidade às especificidades da agricultura familiar e dos pequenos agricultores, focalizando a atenção mundial no seu importante papel na eliminação da fome e pobreza extrema, na garantia da segurança alimentar e nutricional, na melhoria dos meios de subsistência, na gestão dos recursos naturais, na proteção do meio ambiente e na obtenção do desenvolvimento sustentável. Objetivos que são totalmente coincidentes com a campanha Food We Want.

O AIAF 2014 procurará reposicionar a agricultura familiar no centro das políticas agrícolas, ambientais e sociais nas agendas nacionais, identificando falhas e oportunidades para promover uma mudança global rumo a um desenvolvimento justo e equilibrado.

Agricultura Familiar, o que é?

A agricultura familiar assume diversas formas por todo o mundo, mas podemos considerar que inclui todas as atividades agrícolas de base familiar e está ligada a diversas áreas do desenvolvimento rural, consistindo num meio de organização das produções agrícola, florestal, pesqueira, pastoril e aquícola que são geridas e operadas por uma família estando maioritariamente dependente de mão-de-obra familiar (de ambos os sexos).

A agricultura familiar tem um peso enorme no setor de produção de alimentos, seja nos países desenvolvidos como nos países em desenvolvimento. Na prática, a agricultura familiar é condicionada por fatores naturais (agroecologia e geografia dos territórios) mas também por fatores sociais e humanos (ambiente político; acesso aos mercados; acesso a recursos naturais essenciais como a terra e água,; acesso à tecnologia e a serviços de extensão; acesso ao financiamento e ao conhecimento especializado, etc.).

A agricultura familiar é importante porque:

1. A agricultura familiar e os pequenos agricultores estão inextricavelmente vinculados à segurança alimentar mundial.
2. A agricultura familiar preserva os alimentos tradicionais, contribuindo para uma alimentação equilibrada, para a conservação da biodiversidade agrícola e o uso sustentável dos recursos naturais.
3. A agricultura familiar é uma oportunidade de ouro para revitalizar e dinamizar as economias locais, especialmente quando combinada com políticas específicas destinadas a promover a proteção social e o bem-estar das comunidades.

Os 4 objetivos do AIAF:

1. Apoiar a formulação de políticas agrícolas, ambientais e sociais que promovam a agricultura familiar sustentável.
2. Aumentar o conhecimento, a comunicação e conscientização pública.
3. Obter um melhor entendimento das necessidades, potencial e limites da agricultura familiar, bem como assegurar apoio técnico no seu desenvolvimento.
4. Criar sinergias para a sustentabilidade.

Fonte: FAO

Veja também



Fale Conosco

X

Enviando seu email...

Email enviado com sucesso!