ÚLTIMAS >


Entidades discutem EAD na área da saúde

30 de janeiro de 2019, Comentários

O Conselho Federal de Nutricionistas (CFN) e o Conselho Federal de Farmácia (CFF), participaram, ontem (29), de reunião com a Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES) e Ministério da Educação (MEC), para discutir o ensino à distância (EAD) na área da saúde.

Na oportunidade, foi apresentado um panorama do ensino presencial e do EAD no segmento, elaborado pela Comissão de Educação do Fórum dos Conselhos Federais da Área da Saúde (FCFAS), com base em informações do banco de dados do MEC. As entidades defenderam a moratória de 5 anos para a abertura de novas vagas para todos os cursos da área da saúde (presencial e EaD).

Outro assunto discutido na reunião foi a Residência Multiprofissional. As entidades solicitaram da secretária-geral da SGTES, Mayra Pinheiro, a instituição de certificação diferenciada para os egressos da residência em saúde, em relação aos concluintes das demais especializações lato sensu de 360 horas e que esta certificação passe a ter peso especial nos concursos e na progressão de carreira.

Na ocasião, Mayra Pinheiro destacou que a qualidade da formação profissional é de interesse nacional. Ela informou que o material da reunião será apresentado aos ministros da Saúde e da Educação, respectivamente, Luiz Henrique Mandetta e Ricardo Vélez Rodríguez. Assim, segundo Mayra, será possível para o governo pensar em novos critérios que possibilitem uma educação cada vez mais qualificada.

REPRESENTAÇÃO

O CFN foi representado na reunião pela nutricionista da Unidade Técnica, Vanessa Figueiredo, e o CFF por seu presidente, Walter Jorge João, pela presidente da Comissão Assessora de Educação Farmacêutica (Caef), professora Zilamar Costa, e outros assessores. Para os representantes dos conselhos, a reunião foi extremamente positiva. Vale destacar a disposição do governo de buscar soluções para os problemas que comprometem a qualidade da formação profissional e sua intenção de reforçar a parceria com os conselhos em prol de uma agenda para a saúde.

Fonte: CFN

Imagem: CFN