ÚLTIMAS >


Aceite o desafio: faça parte do “Pacto do Bem”

26 de janeiro de 2016, Comentários

O Sistema Conselhos Federal e Regionais de Nutricionistas (CFN/CRN) aderiu ao Pacto Nacional pela Alimentação Saudável (Decreto nº8.553/2015), lançado há dois meses pelo Governo Federal. Por estar de acordo com o preceito do decreto, baseado no combate à obesidade e às doenças causadas pela má alimentação, o CFN, com apoio dos 10 Conselhos Regionais de Nutricionistas do Brasil, lançou no final de dezembro último o “Pacto do Bem, uma corrente pela alimentação saudável e adequada”. O objetivo da campanha, que vai até o dia 27 de janeiro, é estimular a população a assumir um compromisso com a mudança de seus hábitos alimentares.

“É muito comum nessa época do ano as pessoas planejarem algum tipo de mudança positiva em suas vidas. Nossa proposta é que as pessoas melhorem a qualidade da sua alimentação”, resumiu o diretor do Conselho Regional de Nutricionistas da 5ª Região (Bahia e Sergipe), Emerson Palmeira. Segundo o nutricionista, garantir hábitos saudáveis de vida vai além de reduzir os níveis de açúcar, sal e gorduras na alimentação. “Isso é o básico. Mas não podemos perder de vista que alimentos saudáveis podem ser saborosos. E que alinhar a prática de atividades físicas com uma alimentação balanceada pode ser prazeroso. O que estamos propondo ao apoiar esta campanha é a união de saúde e bem estar com qualidade de vida a partir de um compromisso da pessoa consigo mesma, sem nenhum tipo de pressão ou terrorismo nutricional, entendendo que o processo de reeducação alimentar se dá aos poucos, gradativamente, de modo muito individual”, ponderou.

A campanha também abre espaço para mostrar a importância do resgate do hábito de comer em família. “Vale a pena investir no preparo do alimento em casa sempre que possível (na contramão da alimentação fora do lar, em alta crescente). Com isso, as pessoas podem privilegiar o consumo de alimentos regionais, naturais, orgânicos, livres de transgênicos, enfim, o direito de escolha do que comer passa a ter o seu real valor”, considera a Nutricionista Zelice Maria de Melo Pessoa, Conselheira do CRN-5.

A principal peça publicitária da campanha nacional é um vídeo protagonizado pelo ator Marcos Palmeira, que tem uma atividade voltada para a agroecologia e produção de alimentos orgânicos. O vídeo (disponível em www.rbmcomunicacao.com.br/case/hello-world/), veiculado na televisão nos últimos dias de 2015, está sendo amplamente compartilhado pela Internet, sobretudo nas redes sociais.

No vídeo, ao contar que aceitou o desafio de melhorar sua alimentação em 2016, o ator se compromete a adotar um hábito saudável – no caso, beber mais água ao longo do dia. Em seguida, ele desafia um amigo, que é convidado a postar uma foto ou vídeo com a hashtag #desafioCFN, desafiando outro amigo. A ideia da ação é estimular as pessoas a fazerem o mesmo, de modo a gerar uma corrente em que elas se comprometam a melhorar a alimentação neste novo ano.

Como forma de apoio à campanha nacional, o CRN-5 iniciou a postagem de cards no Facebook com Conselheiros e funcionários vestindo a camisa do “Pacto do Bem” e respondendo à pergunta “O que você melhoraria em sua alimentação em 2016?”. As respostas são variadas. “Vou priorizar alimentos orgânicos” e “Respeitarei o intervalo de três horas entre as refeições” são algumas das respostas. Para conferir as demais, basta acessar a Fan Page Oficial do CRN-5 (migre.me/sC3NN).

Além disso, ao longo deste mês, o Regional vai estimular Nutricionistas e Técnicos em Nutrição da Bahia e de Sergipe a participar ativamente da campanha nas redes sociais. “Para nós, a campanha será vitoriosa se o ‘Pacto do Bem’ for assumido por um bom número de baianos e sergipanos de diferentes faixas etárias e classes sociais. Todas as pessoas precisam de uma alimentação cada vez melhor. A saúde agradece”, finalizou o nutricionista Emerson Palmeira.

Newsletter Powered By : XYZScripts.com