ÚLTIMAS >


Contaminação do solo ameaça segurança alimentar

3 de janeiro de 2019, Comentários

Em celebração ao Dia Mundial do Solo, a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) destacou a necessidade de adoção de medidas urgentes para abordar a contaminação do solo e conter as múltiplas ameaças que isto representa para a inocuidade e para a segurança alimentar global.

A cerimônia do Dia Mundial do Solo, realizada na sede da organização da ONU, em Roma, teve como tema “ Seja a solução para a poluição do solo”. Segundo a organização, quase 33% de todos os solos estão degradados e sua condição está se deteriorando a um ritmo alarmante, e as atividades humanas são a principal fonte de poluição do solo.

Milhares de produtos químicos que são produzidos comercialmente em larga escala, plásticos e lixo eletrônico ou águas residuais não tratadas podem tornar-se uma fonte de contaminação do solo, abrindo o caminho para que os contaminantes entrem na cadeia alimentar, com consequências graves para a saúde e o bem-estar da população. A FAO ofereceu uma série de recomendações sobre como reduzir a poluição do solo nos níveis estadual, industrial e de consumo. Por exemplo, cidades em crescimento estão produzindo montanhas de lixo que acabam em aterros sanitários e entram no solo, dos quais até 80% poderiam ser reciclados.

Fonte: ONU

Newsletter Powered By : XYZScripts.com